Como se vestir para um casamento – Parte 2

Como se vestir para um casamento
Como se vestir para um casamento

Como se vestir para um casamento – Parte 2. Como prometido, daremos continuidade a nossa série de posts que te ajudarão a se vestir no grande dia, o dia do casamento. E hoje falaremos como se vestir bem caso o evento seja a noite.

Ahhh a noite! Glamour, brilho, bocão, brincão e salto 15, certo? ERRADO! Claro que a noite pede algo mais rebuscado, mas em primeiro lugar seja você mesma e não use nada que te deixe desconfortável e queira sair da festa mais cedo só para chegar em casa e arrancar o salto que está te machucando desde quando saiu de casa, tá?

Como no post anterior, uma dica fundamental é ver o que os noivos estão pedindo de traje, facilita tanto na escolha do modelo quanto na cor. Se por algum motivo eles deixarem livre, observem o estilo do casamento e dos próprios noivos: eles são mais conservadores? A cerimônia será ao ar livre ou na igreja? E a festa, onde vai ser? O ideal é sempre observar os fatores localidade, perfil dos noivos, clima e o seu perfil, é claro!

O longo é um clássico que sempre vai cair bem em qualquer ocasião noturna, brilho, uma fenda DISCRETA, acessórios mais elaborados, uma maquiagem mais completa e um sapato lindo compõem o look perfeito para a noite. DICA: quanto mais brilho e adornos o vestido possuir, menos acessórios você deve utilizar para compensar e não ficar mais chamativa do que a decoração da festa…hahahaha.

Falamos dos longos, mas os curtinhos ficarão ainda mais lindos e modernos. O costume sempre foi o uso de vestidos longos e super desenhados para casamentos noturnos, mas os tempos mudaram. Sem contar que em um casamento no meio do mês de agosto você tem que escolher entre um vestido longo e um cabelo arrumado e uma maquiagem sem derreter…hahaha. Ahh, mas, por favor, o vestido pode ser CURTO e não um projeto de vestido que aparece tudo o que não deveria, ok?

Na questão de cores, apostem em cores quentes, cartela dos pretos e cinzas e tons fechados, neon JAMAIS. Quanto mais brilho e bordado o vestido tiver, mais a cor dele deve ser fechada para valorizar o brilho e não confundir o olhar. Crepe, tule, cetim, shantung são tecidos encorpados que dão um destaque e valorizam o corte do vestido.

Até o próximo onde teremos uma conversa séria sobre as nossas queridas e amadas madrinhas!

Beijos!

 

Sobre a autora

Formada pela faculdade IESB em Design de Moda, designer por profissão, mas muito mais por paixão, Mariana de Castro se considera destemida e inovadora, segue a premissa de que moda é oferta e estilo é escolha. Foi para São Paulo correr atrás do que importa e fez 16 cursos na Escola São Paulo voltados à moda com grandes nomes da área: Beto Siqueira, Manu Carvalho, Alexandre Herchcovitch e Lorenzo Merlino. Trabalha como Designer Gráfica voltada para moda e, aos finais de semana, ajuda a organizar casamentos em Brasília.

Telefone: (61) 98134-2928

Email: mariitscastro@gmail.com

 

Fazendo o seu casamento Belo com Vintage

decoração em vintage
Decoração em Vintage

Vamos continuar falando de economia, e o assunto agora será decoração estilo Vintage para casamentos.

Esse é um tipo de decoração delicada, romântica e o melhor de tudo, que usa coisas guardadas do tempo da vovó.

No dicionário o significado de Vintage é: clássico, antigo e de excelente qualidade. Resumindo, nunca sai de moda.

Os casamentos inspirados no estilo retrô estão cada vez mais comuns e contam com todo o glamour desde a igreja até o vestido. A decoração fica simplesmente sensacional!

Essa decoração é totalmente voltada para o romantismo, usam-se bastante cores elegantes como dourado, prata e os tons pastéis como azul claro, rosa bebê e bege.

Ideal para usar como parte da decoração são os artigos de antiquários e utensílios que estão guardados no fundo do baú da vovó.

Elementos como máquinas de escrever, vitrolas, jogos de chá de porcelana, fotos em preto e branco são ideais para dar um ar de elegância e classicismo em toda ornamentação e mostrar que o  bom gosto nunca sai de moda. Pesquise, garimpe a casa da sua mãe, da sua avó, tias, você pode encontrar verdadeiras preciosidades que trarão todo um ar de vida longa ao seu casamento.

Mas não há forma melhor do que comprovar essa teoria do que ver as fotos das mais lindas decorações de casamentos nesse estilo:

decoração em vintage

decoração em vintage

Sobre a autora

Roberta Silva é graduada em Comunicação Social e especializada em assessoria para noivos, com experiência de 10 anos no mercado de eventos, trabalha com muita dedicação e carinho para que o seu evento esteja de acordo com os seus sonhos. Junto de sua equipe, fazem de cada evento um momento único e muito especial.

Roberta Silva participou da reportagem do Jornal impresso Correio Braziliense de 22 de maio de 2016 “O sucesso é ser Feliz”, cujo tema era de trabalhadores que são felizes em suas profissões por realizarem suas atividades com verdadeira excelência.

Facebook: https://www.facebook.com/cerimonialrobertasilva

Instagram: @cerimonialrobertasilva

email:robertasilvacerimonial@gmail.com
(61)98120-8067 operadora Claro  e Whatzap

 

4 Dicas para economizar na decoração

Iniciaremos uma série de posts sobre decoração para casamentos, e esse primeiro te orientará no sentido de economizar na decoração.

O sonho de casar ainda continua firme nos pensamentos de muitas mulheres.

Pensar nos detalhes, na lista de convidados, nos comes e bebes, causam suspiros nas noivinhas que iniciam a sua jornada rumo ao altar.

Em se falando em detalhes, o primeiro a ser pensado é a decoração que, às vezes, por ser rica em objetos, mobiliários e apetrechos, podem a tornar bem cara. Mas hoje existem atalhos que podem tornar esse item mais barato e, até mesmo, prazeroso.

Uma dica é fazer uma decoração rústica, com objetos feitos por você mesma, o famoso DIY (sigla americana que significa, faça você mesmo), que deixarão a decoração encantadora e a cara do casal, pois os convidados perceberão o cuidado e o carinho que tiveram ao confeccionar itens com as próprias mãos.

Como economizar na Decoração para casamentos
Como economizar na Decoração para casamentos

O primeiro passo é garimpar ideias, ter uma linha de raciocínio e começar a buscar os itens de decoração.

Em ceasas, feiras, e lojas de materiais de construções têm bastantes objetos que são descartados e que com uma boa pintura, ou uma mão de verniz, se transformam completamente.

Uma garrafinha de bebida com uma renda, ou uma tira de juta, pode servir perfeitamente como um belo arranjo de mesa.

Como economizar na Decoração para casamentos
Como economizar na Decoração para casamentos

O tom amarronzado do verniz da madeira bruta combina perfeitamente com as rosas do campo, e o custo para isso é baixo.

Sonhe, pesquise e execute, não deixe seu sonho para trás por causa de dinheiro, com jeitinho tudo dará certo.

 

Sobre a autora

Roberta Silva é graduada em Comunicação Social e especializada em assessoria para noivos, com experiência de 10 anos no mercado de eventos, trabalha com muita dedicação e carinho para que o seu evento esteja de acordo com os seus sonhos. Junto de sua equipe, fazem de cada evento um momento único e muito especial.

Roberta Silva participou da reportagem do Jornal impresso Correio Braziliense de 22 de maio de 2016 “O sucesso é ser Feliz”, cujo tema era de trabalhadores que são felizes em suas profissões por realizarem suas atividades com verdadeira excelência.

Facebook: https://www.facebook.com/cerimonialrobertasilva

Instagram: @cerimonialrobertasilva

email:robertasilvacerimonial@gmail.com
(61)98120-8067 operadora Claro  e Whatzap

 

Como se vestir para um casamento – Parte 1

A palavra é adequação. Por mais que não estejamos acostumados com eventos de gala ou que exigem algo mais elaborado de dia, não podemos esquecer que a ocasião é um casamento e pede algo a mais. Por isso saber como se vestir para um casamento é essencial para não fazer feio.

Podemos pensar em vários pontos, mas o que sempre vem a cabeça primeiro é a cor. Por ser de dia abre-se um mundo de novas possibilidades de cores, estampas e tecidos. Mas atenção para o branco ou cores que vão parecer o branco nas fotos ou em videos de casamento, por mais que casamentos de dia sejam mais descolados não queremos tirar o brilho da noiva e deixá-la chateada no seu grande dia, não é mesmo?

Se joguem nos tecidos esvoaçantes como a musseline, nas estampas (principalmente as bem coloridas e florais) e nos bordados, sim bordados sobre tulle ou até sobre o próprio tecido ficam elegantes e, ao contrário do que imaginam, ficam leves e muito jovens.

Pense antes de tudo onde será a cerimônia e até que horas ela vai, assim você vai poder escolher o cumprimento do vestido (acabando ainda de dia os curtos são uma ótima escolha, já os casamentos que se estendem pela noite vale investir em vestido ou até mesmo macacão longo com um pouco mais de brilho e elaboração) e, é claro, o sapato adequado, até por que ninguém quer estragar seu Laboutin novinho na grama, concorda?

Muitas regras são ditadas quanto à vestimenta dos convidados no casamento, porém o mais importante é entrar no clima e se sentir bem não perdendo a compostura, é claro. No próximo post falaremos sobre a melhor forma de se arrumar para casamentos noturnos que exigem um pouco mais de glamour e sofisticação!

Beijo, beijo, tchau, tchau

 

Sobre a autora

Formada pela faculdade IESB em Design de Moda, designer por profissão, mas muito mais por paixão, Mariana de Castro se considera destemida e inovadora, segue a premissa de que moda é oferta e estilo é escolha. Foi para São Paulo correr atrás do que importa e fez 16 cursos na Escola São Paulo voltados à moda com grandes nomes da área: Beto Siqueira, Manu Carvalho, Alexandre Herchcovitch e Lorenzo Merlino. Trabalha como Designer Gráfica voltada para moda e, aos finais de semana, ajuda a organizar casamentos em Brasília.

Telefone: (61) 98134-2928

Email: mariitscastro@gmail.com

 

Onde será a sua Lua de Mel? Veja essas 2 opções.

Ahhhh, enfim a Lua de Mel, Momento mágico, tão aguardado após o corre-corre dos últimos meses de preparação do casamento e, principalmente, após a semana do casamento, com todas as pendências de última hora sendo resolvidas, parentes chegando no aeroporto, entre emoções e ansiedades (suas e dos envolvidos!) para administrar. Ufa! Passou, foi lindo, foi perfeito! Mas agora que venham as merecidas férias!

Onde será a Lua de Mel? Qual o destino? Tantas opções, um mundo de opções, Brasil ou exterior. Praia ou campo? Frio ou calor? Depende.

Muita coisa depende da época do ano em que se está casando e, é claro, das opções, ofertas e valores do momento.

Caribe
Caribe

Nos últimos anos, o Caribe tem sido o grande queridinho dos brasileiros. Em resorts all inclusive os recém casados não se preocupam muito com as coisas, talvez, no máximo, em chamar a atenção do garçon à beira da praia para pedir uma outra bebida.

Os hotéis all inclusive oferecem noites temáticas e os dias são de muita preguiça e intimidade em um pedaço do paraíso. Outros noivos preferem a opção de fazer um tour pela Europa, sendo a Itália um dos pontos mais procurados desde sempre, por todo seu romantismo e gastronomia.

Em média são 10 dias de Lua de Mel, mas tem os casais que se organizam para passar o mês todo, ou grande parte dele, descansando e curtindo o novo momento em sua vida.

Independente do destino escolhido, o mais importante é a companhia e essa prévia do que serão os próximos meses e anos juntos, com muito companheirismo, amizade, sintonia e, claro: carinhos!

 

Sobre a autora:

Priscilla Cintra é publicitária, empresária e cerimonialista. Paulista, está radicada em Brasília há 11 anos. Mãe da linda Helena, já realizou na capital federal mais de 700 formaturas e 150 casamentos.

www.meudiaperfeito.com.br

meudiaperfeito@yahoo.com.br

Zap: 61 98222-1316

Instagram: @meudiaperfeito_cerimonial

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Meu-Dia-Perfeito/354267884683145?fref=ts

7 maneiras divertidas para você jogar o seu buquê

Jogando o buquê 3

Vamos jogar o buquê??? Cadê as mulheres solteiras???? Essas são as perguntas que anunciam que a noiva irá jogar o buquê. E elas podem jogá-lo de diversas formas. Por isso, nesse post vou te mostrar 7 maneiras divertidas para você jogar o seu buquê.

Tradição antiga, que infelizmente não se tem registros específicos de quando e onde começou, o momento que a noiva irá lançar buquê causa alvoroço entre as mulheres solteiras que vêem ali naquele momento a esperança de ter a sorte de pegar o buquê e ser a próxima a se casar.

Embora não se saiba quando se iniciou a tradição, acredita-se que tudo começou na Idade Média. Nessa época era um costume entre as mulheres não casadas cortar e levar para casa um pedaço da roupa da noiva para trazer boa sorte. Mas para evitar que seu vestido fosse estragado, no século XIV, na França, as recém-casadas começaram a jogar outros objetos como uma alternativa. E o buquê, símbolo da fertilidade, acabou sendo o mais comum.

Muitas noivas, hoje em dia, já inovam e, ao invés do buquê verdadeiro (por ciúme), atiram um falso feito especialmente para esta ocasião. E outras inovam fazendo brincadeiras divertidas que interagem mais ainda com suas convidadas. Mas chega de história e vamos te mostrar 7 ideias para você jogar o seu buquê de casamento.

1 – Buquê de Fita

Jogando o buquê 2

Provavelmente você já viu em algum casamento. Funciona assim: várias fitas são amarradas no buquê e cada solteira pega uma ponta. A noiva vai cortando uma por uma… Quem segurar a última fita leva o buquê e é a próxima a se casar!

Ou colam-se várias fitas no buquê sendo que uma única fita será bem presa, sendo essa a fita verdadeira. Cada solteira pega a ponta de uma fita e, na contagem regressiva 3,2,1, as moças puxam e quem estiver com a fita presa verdadeiramente é presenteada com o buquê. Essa ideia vem fazendo um sucesso danado e é super divertida, além de render fotos e vídeos maravilhosos!

2 – Preso no Cofre

Jogando o buquê 4

Colocam o buquê dentro de uma caixa transparente, amarram correntes em volta dela e trancam-a com um cadeado. Pegam várias chaves, sendo que só uma abre o cadeado…é aí que começa o suspense. A que conseguir abrir leva o prêmio.

3 – Vários buquês em um

Essa daqui é para fazer todas as amigas felizes: ao invés de jogar um buquê único, jogam-se vários “mini buquês”que podem ser de flores naturais ou apresentados como coraçõezinhos ou flores de feltro. Além de superfofo, vai ser uma surpresa (porque a noiva segura como se fosse um só e eles se separam no ar! Ahhh, o legal é que ainda tira foto e é filmada com todas as felizardas.

4 – Bichinhos de Pelúcia

Para fugir mais ainda do tradicional, pode-se jogar um bicho de pelúcia em vez do buquê de flores. São três ideias que considero mais legais e que tem alguns significados baseados em historinhas infantis: o sapinho, que indica a próxima que vai transformar o sapo em príncipe-marido; o cupido, que mostra quem conseguirá flechar o coração do namorado e transformá-lo em noivo; ou o pinguim, que tem a história de amor mais linda do reino animal que trata da fidelidade eterna.

5 – Buquê de Santo Antônio

O considerado santo casamenteiro também pode substituir seu buquê. Você pode jogar só um de pelúcia, como na ideia acima, ou então fazer um buquê com vários “mini santo-antônios” e jogar pra mais de uma amiga e ser abençoada por ele! Hoje em dia o Santo Antônio está sendo substituído por São José que é considerado o santo dos bons maridos.

Jogando o buquê 5

6 – Pegadinha com os amigos

Outra pegadinha bacana: se não quiser fugir muito do jeito tradicional, mas quiser fazer uma gracinha diferente, combine com seus amigos homens para que eles passem na frente das solteiras e não deixem que elas peguem o buquê quando você o lançar. Elas vão querer mataaaar todos eles!! Hahahaha.

7 – O buquê do noivo

Para descontrair mais ainda o momento do buquê, logo após a noiva fazer a brincadeira, o noivo para “consolar” os amigos e também participar da brincadeira, joga a caixa de um whisky. O rapaz que pegar essa caixa será presenteado com a garrafa da bebida.

Espero que tenham gostado das ideias. Para deixar esse momento mais divertido, converse com sua cerimonialista e com o Dj para agitar e fazer dessa uma experiência inesquecível em sua vida.

 

Sobre a autora

Roberta Silva é graduada em Comunicação Social e especializada em assessoria para noivos, com experiência de 10 anos no mercado de eventos, trabalha com muita dedicação e carinho para que o seu evento esteja de acordo com os seus sonhos. Junto de sua equipe, fazem de cada evento um momento único e muito especial.

Roberta Silva participou da reportagem do Jornal impresso Correio Braziliense de 22 de maio de 2016 “O sucesso é ser Feliz”, cujo tema era de trabalhadores que são felizes em suas profissões por realizam suas atividades com verdadeira excelência.

Facebook: https://www.facebook.com/cerimonialrobertasilva

Instagram: @cerimonialrobertasilva

email:robertasilvacerimonial@gmail.com
(61)98120-8067 operadora Claro  e Whatzap

Você já ouviu falar desses tipos de cerimônia?

Casamento! Quando o assunto é casamento, logo vêm muitas emoções.

Afinal nada é mais emocionante que se imaginar subindo ao altar junto para encontrar a pessoa amada. Trocar votos de amor e fidelidade por toda uma vida…Ahhh!

E a cerimônia também se tornou um momento único e extremamente prazeroso! Ela pode (e DEVE!) ter a personalidade do casal. Existem cerimônias mais tradicionais, clássicas, com cortejos e ritos pré-definidos. Casamentos católicos e evangélicos, por exemplo, seguem uma liturgia sacramental.

Mas hoje, também, é possível mesclar outros ritos que também são cheios de representações e simbolismos.

Portanto, separamos os principais tipos de cerimônia para você saber mais como que ocorrem as diversas celebrações.

  • Cerimônia das Areias
Cerimônia das Areias
Cerimônia das Areias

Num ato simbólico, unem-se duas areias coloridas, que não se separam mais. Para essa cerimônia, temos que ter três potes, um vazio, outro com areia cor de rosa e o último com areia azul (ou de quaisquer outras cores que o casal preferir).

Em algum momento da cerimônia, o celebrante junta as duas areias simultaneamente no pote vazio. Essa mistura de areias simboliza a união casal. Uma vez que as areias são misturadas não podem ser colocadas de volta em vasos separados, estando para sempre entrelaçadas. É o que se deseja para o casamento: que seja para sempre!

A mistura das cores simboliza a união de duas vidas em uma e o casal ainda pode aproveitar e usar o vaso como parte da decoração de sua nova casa, para lembrarem todos os dias desse momento inesquecível!

  • Cerimônia das Velas

A cerimônia das velas representa a chama da vida, a luz que Deus nos entregou no momento de nosso nascimento. No dia do casamento, ela se torna mais brilhante e forte com a união das chamas das duas famílias. Para essa cerimônia, o ideal é que haja três velas (podem ser diferentes ou iguais). Uma vela vai representar a família da noiva, a outra, a do noivo e a terceira vela simboliza a nova família que se forma.

Cerimônia das Velas
Cerimônia das Velas

Durante o cortejo de entrada, uma pessoa de cada família entra com as velas. Normalmente, as mães são escolhidas para representar suas famílias. As duas velas devem ficar acessas durante toda a celebração e, no momento em que o celebrante indicar, o noivo e a noiva pegam a vela que suas mães trouxeram e acendem juntos uma vela central.

Enfim, eles se tornam uma única chama, simbolizando a união da nova família que surge ali!

  • Cerimônia do Vinho

Esta é uma das cerimônias de que mais gosto! Isso porque o vinho tem uma representação muito forte para os cristãos. Mais ou menos como acontece com as areias, aqui, ao invés de vasos, temos três taças: uma com vinho tinto, outra com vinho branco e uma taça vazia.

Cerimônia do Vinho
Cerimônia do Vinho

Essas taças podem entrar em cortejo, com alguém da família levando, ou podem já ficar sobre a mesa do celebrante durante a cerimônia. Logo após a troca das alianças (ou em outro momento que o celebrante estabelecer ou o casal desejar), o celebrante deve pedir para que o casal misture o vinho tinto com o vinho branco na taça que se encontra vazia, formando uma nova bebida. Ela representa a união do casal.

Feito isso, o casal bebe o vinho misturado (confesso, não é muito saboroso!), envolve a taça em um tecido e as quebram. Isso simboliza que daquele vinho ninguém mais beberá!

  • Cerimônia da Caixa

Essa é muito legal porque pais, avós e padrinhos podem participar! O casal leva uma caixa bem bonita, de preferência de madeira, para durar bastante tempo, e com uma fechadura. Cada um dos noivos deve ter uma chave dessa caixa.

Cerimônia da Caixa
Cerimônia da Caixa

Antes da cerimônia, o Cerimonial ou alguém da família deve pedir para os familiares, padrinhos e amigos próximos escreverem um cartão, falando sobre os altos e baixos de uma relação a dois, o que eles desejam para o casal, enfim, mensagens para a vida deles. Durante a cerimônia, o celebrante pede para alguém recolher esses bilhetes e coloca dentro da caixa. Em seguida, ele pede para o casal recorrer a essa caixa nos momentos de dificuldades, para que lembrem do verdadeiro motivo que os levaram a se casar. Um valioso presente de todos os convidados!

Essas são algumas das cerimônias  que mais ocorrem para celebrar casamentos. Tudo sempre vai se adequando ao tipo de cerimônia que os noivos querem e ao destaque que também querem dar ao amor, à família e ao respeito entre eles. Tudo do jeito que eles sonharam para um casamento perfeito!

 

Sobre a autora

Roberta Silva é graduada em Comunicação Social e especializada em assessoria para noivos,  trabalha com muita dedicação e carinho para que o seu evento esteja de acordo com os seus sonhos. Junto de sua equipe, fazem de cada evento um momento único e muito especial.

email:robertasilvacerimonial@gmail.com
(61)98120-8067 operadora Claro  e whatzap

 

Como escolher os padrinhos para o seu casamento.

A primeira coisa que nos vem à mente após o pedido é falar para as pessoas do nosso convívio a grande novidade: “- Fiquei noiva! Ele me pediu em casamento!” É um momento que todos querem compartilhar da nossa alegria pois uma promessa de uma nova família surge! E então imediatamente pensamos: quem irá dividir da honra de ser madrinhas e padrinhos ao nosso lado no altar? Quem participou do primeiro beijo? Quem ouviu nossas histórias nas madrugadas? Quem nos deu força? Quem nos acompanhou desde o início e torceu para que chegássemos a um final feliz? Esse artigo tem o objetivo de te orientar e te mostrar como escolher os padrinhos para o seu casamento.

Claro que os questionamentos acima deveriam nos levar até ao nome de algumas pessoas que terão a honra de entrar pelo cortejo, sentar na primeira fileira e assistir a tudo com pompa e honra. Mas nem sempre é assim…Somos levados a convidar aquela comadre da nossa mãe, por simples pressão, e também a concordar com o “melhor amigo” do noivo ser convidado, apesar de sabermos que esse só o fazia sair pra beber com outros solteiros… Rs…Faz parte!

Mas meu questionamento é, além de saber como escolher o padrinho, o que realmente é ser madrinha ou padrinho em um casamento? Qual o objetivo? Qual o verdadeiro propósito?

padrinhos para o seu casamento
padrinhos para o seu casamento

O padrinho é aquele que vai te ajudar na preparação, seja em apoio moral, seja no chá de panela e dar apoio no dia com pequenas tarefas. Mas esse título se estende por toda a vida. O verdadeiro padrinho é aquele que, ao longo da vida matrimonial, irá ser um apoio diante de possíveis crises, que irá aconselhar e auxiliar o casal a conduzir as diferenças, superando-as rumo a uma vida de harmonia, paz e parceria!

Como a madrinha exerce um papel de confiança, a noiva provavelmente poderá pedir opinião sobre itens do casamento como, por exemplo, qual espumante servir, qual vestido usar, qual o melhor penteado, lembrancinhas etc… Todas as madrinhas e amigas querem agradar à noiva, mas essas respostas precisam ser sinceras pois, como amiga e ouvinte, a madrinha pode poupar noites de insônia da noiva! Rs…

Hoje em dia é comum as madrinhas receberem a orientação de qual cor deve ser o vestido, algumas torcem o nariz, outras acham que facilita muito a vida. Os padrinhos recebem orientação da cor do terno ou da gravata. Essa é uma tradição norte-americana, mas que no Brasil vem ganhando mais adeptos. Tem sempre aqueles que gostam de inovar, não é verdade? Isso vai depender do planejamento da noiva, de sua palheta de cores e o resultado final que deseja obter nas fotos e na filmagem. Dessa forma, sendo mais complicado ou mais fácil, ser madrinha é, além de dar palpites, também saber ouvir os pedidos da noiva e levar com bom humor, pois se algum dia a madrinha for a noiva, com certeza sua afilhada agirá da mesma forma.

Outra coisa importante é sobre o mito de que o padrinho tem que dar o melhor presente. Realmente os padrinhos dão bons presentes, mas não pára por aí! A amizade é mais importante, e a fidelidade e a lealdade não têm preço. Aqueles padrinhos que chegam atrasados no dia da cerimônia podem pôr por terra o presente mais caro. Vale o bom senso!

Enfim, ser padrinho é participar ativamente dos preparativos do casamento de sua amiga ou amigo e, além disso, de todos os outros momentos importantes na vida do casal, como no nascimento dos filhos, nos aniversários, nas reuniões, nas celebrações e, como falei acima, nos auxílios. Isso sim fará com que essa linda amizade se perpetue por toda a vida!

 

Sobre a autora:

Priscilla Cintra é publicitária, empresária e cerimonialista. Paulista, está radicada em Brasília há 11 anos. Mãe da linda Helena, já realizou na capital federal mais de 700 formaturas e 150 casamentos.

www.meudiaperfeito.com.br

meudiaperfeito@yahoo.com.br

Zap: 61 98222-1316

Instagram: @meudiaperfeito_cerimonial

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Meu-Dia-Perfeito/354267884683145?fref=ts